NetflixTV

Sherlock desvenda crime durante casamento de Watson nesta sexta (3/4) na TV Brasil

TV Brasil apresenta o segundo episódio inédito da terceira temporada do seriado Sherlock que traz um enorme desafio para o renomado detetive nesta sexta (3), às 21h30. Sherlock Holmes (Benedict Cumberbatch) precisa discursar como padrinho no casamento do amigo John Watson (Martin Freeman) com Mary Morstan (Amanda Abbington). O canal mostra o desfecho dessa trama na segunda (6).

TV Brasil transmite Pablo no Dia Mundial da Conscientização do Autismo01

No ar diariamente, de segunda a sexta-feira, em horário nobre, às 21h30, a série de drama policial produzida pela BBC Studios é transmitida com exclusividade pela emissora pública como um dos destaques da nova programação para 2020.


Os três capítulos de 90 minutos da temporada de 2014 são exibidos em duas partes de 45 minutos, sendo um desses trechos por dia na telinha da TV Brasil. O especial “A Noiva Abominável” e a última temporada do seriado britânico também têm janela na sequência.

Trama revela perspectiva cômica

Ao adotar ousadamente tons de comédia e abordar temas mais sensíveis, a ação do capítulo “O Sinal dos Três” ocorre durante o discurso de Sherlock na celebração de casamento de seu fiel escudeiro John Watson antes que seja tarde demais para evitar uma tragédia.

Considerado um dos episódios mais divertidos e com toque de humor da série Sherlock, essa edição mergulha no elo de amizade entre Holmes e Watson bem como nas reações do protagonista às mudanças na vida do amigo ao destacar emoções escondidas.

A despedida de solteiro do ex-militar é uma das sequências mais engraçadas da trama. Apesar dessa leveza, o protagonista está tenso durante seu discurso. O monólogo repleto de flashbacks traz diversas aventuras vividas pelos dois desde o final do episódio anterior, “O Caixão Vazio”, até o dia do casamento.

A narrativa resgata elementos de outras histórias da dupla com alguns momentos emocionantes e constrangedores da relação de amizade entre Sherlock e John na solução de crimes e até em casos que ficaram em aberto.

Convidado para ser padrinho do casamento de seu querido amigo Watson, Sherlock realmente parece animado, mas ao mesmo tempo nervoso para falar sobre o companheiro na frente de todos os convidados da festa. Ele precisa utilizar seu sexto sentido para lidar com um perigo mortal espreita a comemoração.

Nada é o que parece, já que o consultor da Polícia Metropolitana de Londres nota uma ameaça de assassinato durante a recepção e pode fazer com que alguém não chegue vivo até a primeira dança do novo casal. Cabe a Sherlock agradecer a ajuda das damas de honra, resolver o caso e impedir um assassinato.

Com seu jeito peculiar, o detetive domina a festa do Watson, mas é educado o suficiente para enaltecer o parceiro sem deixar de fazê-lo passar vergonha. Sempre muito confiante, Sherlock precisa deixar sua zona de conforto, mas fica à vontade quando nota a chance de desvendar o crime.

O detetive repara situações estranhas no decorrer do casamento que colocam em risco até mesmo o feliz bailado de Mary Morstan e John Watson para celebrar a aliança. Sherlock decide seguir seus instintos e se depara com mais uma trama em que precisa deter um assassino.

O último capítulo da terceira temporada de Sherlock vai ao ar em duas partes na terça (7) e quarta-feira (8). O caso envolve um crime relacionado a cartas roubadas que leva Sherlock a um longo conflito com Charles Augustus Magnussen, o Napoleão das chantagens, único homem que o detetive realmente odeia.


Baleado durante a ardilosa conspiração, Sherlock precisa lidar ainda com os segredos que envolvem o passado dos personagens. Esse perigoso esquema inclui Mycroft Holmes, agente do serviço secreto britânico, irmão mais velho de Sherlock, e Mary Morstan, a esperta e enigmática esposa de John Watson.

Nesse episódio, intitulado “Seu Último Voto”, Sherlock precisa ter muito jogo de cintura para atacar Charles Augustus Magnussen. Ele é um adversário que conhece as fraquezas de todas as pessoas importantes do mundo ocidental. O oponente mede forças e inteligência com o pitoresco detetive.

Sobre o seriado Sherlock

Produzida pela BBC Studios, a série traz o icônico Sherlock Holmes com uma personalidade ousada, contemporânea, difícil e perigosa. Além da produção de drama, a TV Brasil fez uma parceria para exibição de 60 horas de produção do canal público europeu com obras documentais e de cunho ambiental.

Estrelada por Benedict Cumberbatch (Sherlock Holmes) e Martin Freeman (Dr. John Watson), a obra faz parte de um pacote com dezenas de conteúdos da BBC Studios adquirido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) que gere a TV Brasil.

Com fãs em todo o mundo, Sherlock se passada nos dias de hoje. Inspirada nas histórias do famoso detetive escritas por Sir Arthur Conan Doyle, a trama da produção britânica foi adaptada para a tevê por Steven Moffat e Mark Gatiss.

Indicada ao Emmy, ao Globo de Ouro e a outras dezenas de láureas, a obra foi aclamada pela crítica e pelo público. Sherlock foi reconhecida internacionalmente com várias conquistas como o Bafta que em 2011 concedeu à produção os prêmios nas categorias Melhor Série Dramática e Melhor Ator Coadjuvante (Martin Freeman).

O seriado teve filmagens realizadas principalmente em Cardiff, no País de Gales, além de North Gower Street, em Londres, que é usada para gravações no exterior da casa de Holmes e Watson no tradicional endereço 221B Baker Street.

Sherlock acompanha o detetive que atua como consultor para auxiliar a Polícia Metropolitana de Londres, principalmente Greg Lestrade (Rupert Graves), na resolução de diversos crimes. Holmes tem o apoio de seu estimado colega de apartamento, John Watson, que regressou do serviço militar no Afeganistão. A trama explora o conflito do protagonista com seu nêmesis Jim Moriarty (Andrew Scott).

Serviço

Sherlock – segunda a sexta, às 21h30, na TV Brasil

Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Milena Godoy

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar